Imprimir  

A esperança e a estratégia

Pode parecer um pouco estranha a relação entre esperança e estratégia. Terá a esperança algum papel na definição da estratégia? Tão claro como o facto de a esperança não ser uma estratégia, é o facto de que a esperança é crítico no alcançar a estratégia, quando este é baseada no que é possível, talvez com um baixo grau de probabilidade, mas ainda assim, possível. A esperança representa o acreditar que algo é possível, provável e o reconhecimento de cada um não é necessariamente igual.
 
É possível encontrarem-se inúmeros casos em que a esperança foi a chave para o sucesso estratégico, de como a esperança teve impacto nas pessoas que pensaram que era possível, de como esperança teve impacto na performance de uma equipa. Pode ser banal a relação, mas um olhar mais atento vai-nos permitir verificar o imensurável sucesso que esta relação consegue.
 
Ao longo de um artigo Deborah Mills-Scofield explora esta relação e o que faz com que esta seja tão importante para as organizações.
 
 
 
(comentário Daniela Moreira em 15.10.2012)
 
 
 
 

Voltar

 
 

Rua Sousa Aroso, 556, 4o esq/4o esq Tr., Matosinhos, 4450-287, PT
P:+351 22 939 67 00

Siga-nos online
 

 
© 2017 Dale Carnegie & Associates, Inc..
Todos os Direitos Reservados
 
.
projecto de site e desenvolvimento por Americaneagle.com