Imprimir  

Será que os nossos colaboradores estão satisfeitos?

Estaremos a fazer o suficiente para que os nossos colaboradores se sintam satisfeitos no local de trabalho? Estudos recentes levados a cabo por Joseph Folkman, um consultor na área de liderança, indicam que os gestores desistem cedo de mais de "trabalhar" os empregados menos satisfeitos, tornando-os menos produtivos do que eles já são. Por outro lado, conclui-se também que existe efectivamente a tendência para tratar de forma diferente aqueles que estão satisfeitos do que aqueles que não estão. Será esta uma estratégia adequada em termos de gestão de talentos? E ao nível da maximização dos níveis de desempenho?
 
Existem diversas variáveis que influenciam a satisfação e comprometimento dos colaboradores, algumas muito simples de resolver e com grande impacto . Aspectos como o reconhecimento, o envolvimento, a confiança, a gestão de expectativas, entre outros, passam-nos muitas vezes ao lado porque não temos os hábitos necessários para os trabalhar. Qual foi a última vez que elogiou o desempenho de um colaborador? A satisfação dos colaboradores pode muitas vezes começar na nossa mudança de comportamentos. E isto trabalha-se! Trabalha-se com formação e aplicação em contexto de trabalho. Só com a aplicação contínua ao longo de um determinado período de tempo é que conseguiremos a mudança comportamental. Comece hoje!
 
(comentário Pedro Monteiro em 04.12.2012)
 
 
 
 
 
 

Voltar

 
 

Rua Sousa Aroso, 556, 4o esq/4o esq Tr., Matosinhos, 4450-287, PT
P:+351 22 939 67 00

Siga-nos online
 

 
© 2017 Dale Carnegie & Associates, Inc..
Todos os Direitos Reservados
 
.
projecto de site e desenvolvimento por Americaneagle.com